Associação de mulheres do DF lança cartilha de combate ao machismo

Por Clarice Gulyas

Projeto retorna em fevereiro com atividades presenciais nas escolas públicas do DF

Visando diminuir os altos índices de violência contra a mulher, a Associação das Mulheres de Sobradinho II (AMES II) acaba de lançar a cartilha Valorização das Mulheres e Combate ao Machismo nas Escolas. O material faz parte de um projeto com abordagem temática sobre todos os tipos de violência contra a mulher e a desigualdade de gênero. Até março, cerca de 5 mil alunos devem participar de oficinas educativas presenciais e virtuais.

Elaborada por advogados, psicólogos, pedagogos , professor de Língua Portuguesa, assistentes sociais e jornalistas, a cartilha tem tiragem de 10 mil exemplares e traz informações objetivas sobre o que é machismo, o que é feminicídio, Lei Maria da Penha, impactos sociais e formas de denunciar agressões. O objetivo é combater o preconceito contra as mulheres, o feminicídio e qualquer tipo de violência de gênero.

De acordo com Ivonete Ribeiro, coordenadora do projeto Valorização das Mulheres e Combate ao Machismo nas Escolas, a experiência vivida na entidade com atendimento às mulheres vítimas de violência   influenciou na construção do material, que conta com fomento da Secretaria da Mulher do DF e parceria com a Secretaria da Educação DF. Até o momento, mais de 5 mil exemplares da cartilha já foram entregues para a população.

“O nosso público-alvo são alunos a partir dos 14 anos das escolas públicas do DF e comunidade escolar em geral. Em nossas palestras, orientamos os docentes sobre essa temática e sugerimos que os ensinamentos sejam compartilhados com vizinhos, amigos e parentes. As distribuições ocorrem nas oficinas do projeto. Enquanto as palestras estão acontecendo, nossa equipe distribui o material para os alunos, professores e funcionários da escola. Além disso, distribuímos semanalmente na associação (toda quarta), onde realizamos rodas de conversas, distribuição de donativos, entre outras atividades”, explica, a coordenadora Ivonete Ribeiro

Volta às aulas

O projeto teve início no dia 23 de agosto e tem movimentado a educação básica, o Ensino Fundamental II, o Ensino Médio e o Educação de Jovens e Adultos das unidades escolares de Sobradinho, Sobradinho II, Fercal e Planaltina com oficinas, aulas de teatro, música, palestras e debates. Dentre os principais temas explorados estão a Violência Doméstica Contra Meninas e Mulheres; Machismo x Feminismo: Entenda as diferenças; e O Machismo Mata! Chega de Feminicídio!.

“A nossa mensagem principal é passar que as mulheres precisam ser respeitadas e valorizadas. Estamos caminhando em busca de uma sociedade mais justa e igualitária, na qual a mulher tem seu lugar de fala, de atuação e não de vítima. Lutamos pelos direitos das mulheres, por respeito, pluralidade e, sobretudo, atuamos para que nenhuma mulher morra pelo simples fato de ser mulher”, conclui Ivonete Ribeiro.

Foto: Luiz Luz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *