Bolsonaro para o Sol: “Fique tranquilo, não serás taxado”

No Alvorada, o presidente usou a ironia para voltar a dizer que, se depender do governo, não haverá taxação no setor de energia solar

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta terça-feira (07/01/2020) que, em reunião com o diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Rodrigo Limp, eles acordaram que não taxariam a energia solar. E ironizou, apontando o Sol que se punha no Alvorada: “Fique tranquilo, não serás taxado”.

Durante resumo do dia para jornalistas, o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, disse que Limp manifestou, na conversa, seu “posicionamento alinhado ao do presidente”.

Mais cedo, Bolsonaro já havia dito que a Aneel teria recuado da taxação. “Tanto é que a Aneel no dia de ontem decidiu [que] não vai mais taxar. Não vai precisar mais nem de projeto da Câmara, pelo que foi decidido”, destacou o presidente.

No fim de semana, Bolsonaro havia procurado os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e combinado o apoio dos dois a uma proposta, para tramitar em regime de urgência, impedindo a cobrança.

A proposta da Aneel, em fase de audiência pública, começou a ser discutida em 2019. A agência considerava que a ausência de alterações nas atuais regras para remuneração de instalações de geração distribuída acarretaria custos bilionários nas próximas décadas aos consumidores que não possuem esses sistemas para produzir a própria energia. A proposta, no entanto, enfrentava forte resistência de investidores do setor de energia solar, que reúne milhares de empresas.

BRUNA AIDAR E LUCIANA LIMA / METRÓPOLES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *