BRB vai imprimir e enviar boletos do IPVA

Medida vai beneficiar principalmente o contribuinte com dificuldade de acesso à internet. Fique atento: vencimento para as placas de final 1 e 2 é em 17 de fevereiro

IAN FERRAZ, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

Atenção, contribuintes do Distrito Federal. O Banco de Brasília (BRB) já está enviando desde terça-feira (11) os boletos para o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), exercício 2020.
A medida vai permitir que os usuários recebam a guia impressa na comodidade de suas residências.

Para o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, a medida traz conforto aos brasilienses.“O BRB trabalha para ser o banco de toda a cidade. A impressão e envio das guias do IPVA vai facilitar a vida principalmente dos que ainda têm dificuldade de acesso à internet”, afirma.

“Essa medida reforça uma marca deste governo, que são as ações integradas entre secretarias, órgãos e empresas de economia mista. Neste caso, a parceria permite que se dê mais opções de pagamento ao contribuinte”, reforça o secretário de Economia, André Clemente.

Em 2020, o IPVA poderá ser pago em até três parcelas, iguais e sucessivas, não podendo cada uma ter valor inferior a R$ 50. Caso o valor do imposto seja inferior a R$ 100, será cobrado em cota única, no mês de fevereiro. O boleto não tem guias de pagamento do CRVL e seguro-obrigatório, apenas do IPVA.

As datas de vencimento das parcelas são definidas em função do algarismo final da placa do veículo. E atenção: a primeira data de vencimento, que são para as placas de final 1 e 2, é em 17 de fevereiro.

Além do boleto enviado pelo BRB há outras formas de quitar o tributo: pelo aplicativo Economia DF, fornecido pela Secretaria de Economia do DF e disponível nas lojas Apple e Android; pelo portal da Secretaria de Economia; em um dos postos de atendimento do Na Hora; em uma das agências de atendimento da Secretaria de Economia/DF; ou em um dos postos de conveniência do BRB.

Até esta quinta-feira (13), o GDF arrecadou R$ 11,1 milhões com o tributo, segundo dados do Portal da Transparência.

Não deixe para quitar o débito na última hora. No ano passado, a taxa de inadimplência do imposto foi de 10%, totalizando R$ 134 milhões em tributos vencidos. A falta de pagamento do imposto pode levar o contribuinte a ser inscrito na Dívida Ativa e ser cobrado pela Justiça, além de ter um aumento de 10% no valor final.

Envio de e-mails

Como forma de lembrar os contribuintes, a Secretaria de Economia do Distrito Federal tem enviado e-mails para lembrar o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

A medida, inédita para este tributo, reforça a publicidade e importância de quitar o débito no prazo certo. No entanto, é preciso ficar atento a possíveis erros, golpes e fraudes na hora de liquidar o imposto.

O envio de mensagem eletrônica para cobrança de tributos geridos pela Secretaria de Economia teve início em 2019 com o Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU). O sucesso da ação fez com que a pasta aplicasse a medida também para o IPVA e aprimorasse o sistema automatizado utilizado para esse fim.

Calendário IPVA DF 2020

Números 1 e 2: 17/2/2020, 16/3/2020 e 13/4/2020
Números 3 e 4: 18/2/2020, 17/3/2020 e 14/4/2020
Números 5 e 6: 19/2/2020, 18/3/2020 e 15/4/2020
Números 7 e 8: 20/2/2020, 19/3/2020 e 16/4/2020
Números 9 e 0: 21/2/2020, 20/3/2020 e 17/4/2020

*Com informações do BRB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *