Casa própria mais próxima da família Rodrigues

Na QN 317, Residencial Antônio Menezes está com 20% das obras concluídas; São 54 apartamentos com investimentos de R$ 8 milhões

Mais um empreendimento de habitação social está com as obras à todo vapor no DF. O Residencial Antônio Menezes, localizado na QN 317 de Samambaia, já completou 20% das obras executadas. O prédio terá 54 unidades divididas em nove andares e está sendo construído com um investimento superior a R$ 8 milhões.

Os apartamentos possuem dois quartos, sala, cozinha e varanda em uma área que varia entre 47 e 55 metros quadrados. O prédio vai ter elevadores, garagem aberta, bicicletário, parque infantil e espaço de convivência.

As famílias convocadas para morar no novo empreendimento estão classificadas na faixa 2 (renda mensal de R$ 2.600,01 a R$ 4.000,00), enquadradas no programa Morar Bem, da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab).

Quem não vê a hora de se mudar para a unidade 306 do Residencial Antônio Menezes é Liana Silva Rodrigues, de 36 anos. A família da auxiliar de serviços gerais, que é casada e tem dois filhos – uma menina de oito anos e um menino de seis -, foi beneficiada com uma das unidades do prédio.

Ela mora atualmente nos fundos do lote onde seus pais residem, em Samambaia, e conta a importância do novo lar para ela e sua família. “Vou investir agora no que é meu, em algo que vou deixar para os meus filhos”, ressalta. “Aguardei 12 anos por esse momento, tem hora que ainda fico sem acreditar”.

Atualmente, 108 mil pessoas estão habilitadas junto à Codhab e poderão ser beneficiárias por programa habitacionais do GDF

Se a ansiedade já está elevada para Liana e seu marido, o mesmo pode se dizer das crianças: “Eles todos os dias me perguntam se o apartamento está pronto. Estão sonhando com a casa nova. Passo de carro pelo menos uma vez por semana para mostrar a construção do prédio”.

“É mais um compromisso honrado por determinação do governador Ibaneis. Estamos investindo muito para garantir moradia digna para a população do DF”, afirma o presidente da Codhab, Wellington Luiz.

Atualmente, 108 mil pessoas estão habilitadas junto à Codhab e poderão ser beneficiárias por programa habitacionais do GDF. Além de Samambaia, outros prédios estão sendo construídos no Recanto das Emas e São Sebastião.

Agência Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *