Conferência sobre insegurança alimentar no Distrito Federal

Por Rebeca Rabêlo

Cresce a insegurança alimentar na capital, segundo dados do IBGE em 2020,  o número de pessoas sem acesso regular à alimentação básica passou de 14 mil para 49 mil.

A insegurança alimentar ocorre quando uma pessoa não tem acesso regular e permanente de alimentos em quantidade e qualidade suficientes para sua sobrevivência.

Para tentar contornar essa situação, nos dias 25 e 26 de novembro acontece a 5ª Conferência Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional. O evento é promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Social e pelo Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional, o CONSEA.

Essa é uma oportunidade para a população do Distrito Federal avaliar, debater e aprimorar a política de segurança alimentar e nutricional na capital.

A quinta conferência foi antecedida por um seminário técnico e uma pré-conferência, onde 40 propostas já foram aprovadas e serão usadas como norte na construção do III Plano Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional.

Para o presidente do Consea-DF, José Ivan Mayer de Aquino, as propostas aprovadas garantirão um bom repertório informacional na formulação participativa do Plano Distrital de Segurança Alimentar.

As propostas buscam fortalecer a construção de políticas públicas que abarquem as necessidades das mulheres, a promoção de ações intersetoriais.

Buscam incentivar a oferta de creches em tempo integral, emprego e educação para garantir a segurança alimentar e nutricional. Além de formular leis regionais que regulamentem a possibilidade de transformação ecológica agrícola, visando capacitar e certificar agricultores familiares.

O resultado da conferência será proposto à Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional do DF (Caisan-DF), as diretrizes e prioridades da política e do plano distrital que vai efetivar as ações, incluindo os requisitos orçamentários para a execução.

O evento será online e gratuito, para participar é preciso preencher o formulário disponível no site da Secretaria de Desenvolvimento Social.

Foto: Rede Brasil Atual

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.