Esquema especial para a retomada do ano legislativo começa segunda-feira

Segurança Pública do DF atuará em operação integrada

As forças de segurança do Distrito Federal atuarão de forma integrada na próxima segunda-feira (1º/2) para garantir a tranquilidade na retomada do ano legislativo no Congresso Nacional diante de manifestações previstas. Coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), a operação envolve a Polícia Militar do DF (PMDF), que, com apoio do Departamento de Trânsito (Detran), fará intervenções no trânsito. Já o Corpo de Bombeiros Militar do DF  (CBMDF) terá pontos de atendimento no local, enquanto a a Polícia Civil do DF (PCDF) reforçará o efetivo da 5ª Delegacia de Polícia, responsável pela área.

Haverá reforço do policiamento em toda a região. Toda a movimentação será monitorada, em tempo real, pelo Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob). “O planejamento prévio e integrado faz parte das atribuições da SSP e é extremamente necessário para garantia da segurança de todos”, ressalta o secretário executivo de Segurança Pública, Júlio Danilo.

Alterações no trânsito da Esplanada

Os dois sentidos da Esplanada dos Ministérios permanecerão interditados para veículos a partir da madrugada de domingo (31), no trecho da Catedral até o viaduto da N1 no cruzamento com a L4 Sul (próximo ao Quartel dos Bombeiros). A reabertura das vias dependerá da finalização das votações e avaliação do cenário. De acordo com o comandante do Policiamento de Trânsito da PMDF, coronel Edvã de Oliveira, o objetivo é garantir a segurança de todos os que estarão presentes ao ato e dar fluidez ao trânsito. “Optamos por causar o menor impacto possível à população”, detalha.

A interdição se estende da L4 até a L2. Os motoristas que trafegam pela S1, via que dá acesso à Praça dos Três Poderes, serão desviados para a L2 Sul, na altura da Catedral de Brasília. Quem passar pela L4 Norte deverá seguir pela via no sentido Asa Sul. Na altura do Quartel do Corpo de Bombeiros, o trânsito ficará interditado.

Como alternativa aos bloqueios, os motoristas poderão circular pelas vias S2 e N2, que ficam atrás dos ministérios. Os estacionamentos dos prédios ministeriais poderão ser utilizados. Os bolsões de estacionamento ficarão disponíveis, como as vagas dos setores de Autarquia Norte e Sul. O Detran adverte: é importante estacionar somente em locais permitidos. As equipes de fiscalização farão controle de tráfego e fiscalização.

Revistas e objetos proibidos

Policiais militares estarão em toda a área central para garantir a ordem pública e a segurança dos frequentadores. Haverá linhas de revista próximas à Catedral, na altura da Alameda das Bandeiras e próximo às escadas dos ministérios, nos dois lados na Esplanada. O quadrante entre o Teatro Nacional e a L2 Norte estará reservado para os ônibus que levarão os participantes. Não será permitido acessar a Praça dos Três Poderes e o quadrante em frente ao Congresso Nacional.

“Todo o público que entrar na região da Esplanada dos Ministérios passará pelas linhas de revista” explicou comandante do Departamento de Operações (DOP), coronel Hémerson Rodrigues. “O procedimento é importante para a segurança do público e do evento.”

Não será permitido portar objetos perfurantes ou cortantes, como vidros, nem fogos de artifício, hastes para bandeiras e qualquer outro material que possa causar ferimentos. Outra restrição é ao uso de drones sem autorização no espaço aéreo da Esplanada.

Cuidados necessários

O CBMDF recomenda, em caso de sol forte e temperaturas elevadas, como ocorreu nos últimos dias, o uso de roupas leves, protetor solar, bonés ou chapéus. Também é aconselhável ingerir bastante água.

Equipes da corporação estarão em diferentes pontos da Esplanada e poderão ser acionadas. Haverá ainda um posto de comando para atendimento pré-hospitalar, incêndio e salvamento. Permanece a recomendação de, perante qualquer emergência, ligar para o telefone 193.

Outras manifestações

No domingo (31), há previsão de manifestações na via S1, a partir das 9h. As vias poderão ser interditadas parcial ou totalmente durante a realização dos atos. Os movimentos serão acompanhados pela PMDF e pelo Ciob.

Com informações da SSP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *