Fotos propõem reflexão sobre a inserção da pessoa com deficiência

Evento é resultado do I Concurso de Fotografias Inclusivas. Peças estão expostas até junho na Casa de Chá, que fica na Praça dos Três Poderes

“Qual a distância de um abraço?”. Essa é a reflexão da legenda proposta pela fotografia de Rafael Augusto Matsutacke, vencedor do primeiro lugar do I Concurso de Fotografias Inclusivas, promovido pela Secretaria da Pessoa com Deficiência. A peça faz parte da Exposição Fotografias Inclusivas, que está aberta até o dia 13 de junho na Casa de Chá, na Praça dos Três Poderes.

A mostra é resultado do concurso que foi realizado, em setembro do ano passado, em comemoração ao Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência. As 30 fotografias expostas remetem ao tema do concurso: Inclusão, Acessibilidade e Cidadania da Pessoa com Deficiência: Um Processo Contínuo na Sociedade.

Durante a abertura da exposição, a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, chamou a atenção para o fato de que o evento está acontecendo no centro do poder, em Brasília, integrando as profundas reflexões geradas pelas fotografias e os monumentos da capital. “Essa integração é significativa e marca as políticas públicas da Secretaria do Turismo para a ampliação da acessibilidade nos monumentos e pontos turísticos da cidade”, destacou.

Foi na Casa de Chá, inclusive, que a Secretaria de Turismo lançou o selo Brasília Capital do Turismo Acessível, resultado de um Termo de Cooperação entre o Ministério do Turismo e a Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur).

A Exposição Fotografias Inclusivas estará aberta ao público para visitação até o dia 13 de junho, das 8h às 18h, inclusive aos finais de semana e feriados, na Casa de Chá, que fica no centro da Praça dos Três Poderes

“A rota do turismo acessível foi criada a partir de uma experiência real com a atleta Andrea Pontes e reforça a integração das nossas políticas públicas com as iniciativas da Secretaria da Pessoa com Deficiência para que Brasília se torne a capital do turismo acessível pelas práticas e pela experiência pessoal”, relembrou a secretária Vanessa Mendonça.

Sonho

Para o secretário extraordinário da Pessoa com Deficiência, Flávio Pereira dos Santos, a exposição é fruto de um sonho que começou, em setembro do ano passado, com a premiação dos vencedores do concurso que foi entregue diretamente pelo governador Ibaneis Rocha.

“O lançamento da Exposição Fotografias Inclusivas é uma das muitas parcerias com a Secretaria de Turismo que tratam das questões do segmento da pessoa com deficiência. Essas ações refletem pontos como acessibilidade, inclusão social, cidadania, de forma que possamos provocar uma visão mais ampliada da nossa realidade para toda a sociedade”, afirmou o secretário Flávio dos Santos.

* Com informações da Setur-DF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *