PRF encerra Operação Carnaval com redução de acidentes no DF e entorno

Durante os seis dias de operação houve uma redução de 8% no número de acidentes e de 15% de pessoas feridas em relação ao ano passado

A Operação Carnaval 2022, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) terminou com uma redução de 8% no número de acidentes nas rodovias que cortam o Distrito Federal e entorno. A operação contou com reforço do efetivo entre os dias 25 de fevereiro e 2 de março. A PRF também registrou uma redução de 15% no número de feridos.

No total, foram realizados 1.581 testes de etilômetro com 27 condutores autuados por constatação e 84 por se recusarem a realizar o teste. Treze pessoas foram presas por apresentarem o valor acima de 0,33 mg/L, configurando o crime de trânsito de embriaguez ao volante.

Vale lembrar que dirigir sob a influência de álcool é um crime previsto no Artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), se o teor do teste for superior a 0,33 mg de álcool por litro de ar alveolar, ou se o motorista apresenta sinais e sintomas de embriaguez e se recusar ao teste. A pena é de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão da habilitação. A multa para qualquer índice positivo de embriaguez ou recusa ao teste é de R$ 2.934,70 e o condutor pode ter o direito de dirigir suspenso por até 12 meses. Em caso de reincidência em 12 meses, o valor dobra.

Durante a operação, equipes da PRF prenderam 43 pessoas no DF e entorno por diversos crimes. Dentre estes, um homem de 40 anos, foragido da justiça, foi preso no domingo (27), na BR 060, altura do Recanto das Emas/DF. Ele era o passageiro de um Corolla e os policiais localizaram um mandado de prisão em aberto pelos crimes de organização criminosa e de porte ou posse ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Apoio ao cidadão – No mesmo dia 27, na BR 070 em Ceilândia, a PRF auxiliou um garoto de 14 anos que foi picado por uma cobra (Jararaca) em Águas Lindas de Goiás e chegou na unidade operacional da PRF em Ceilândia para pedir ajuda. De imediato os policiais colocaram o menino na viatura e deslocaram para o Hospital Regional de Ceilândia.

Outra ocorrência em destaque foi na terça-feira (01) na BR 040, altura de Santa Maria-DF, quando a PRF conseguiu localizar um garoto de 14 anos que estava em situação de risco, transitando entre os veículos na rodovia federal. A equipe entrou em contato com a mãe do menino que ficou muito aliviada e feliz em saber que seu filho estava seguro com a PRF. Ela informou que o adolescente fugiu na madrugada do dia primeiro de casa e que estava desesperada atrás do filho.

Reforço na fiscalização – Para evitar a violência no trânsito, os policiais intensificaram a fiscalização abordando mais de 2.900 veículos e 4.400 pessoas. Foram lavrados 2.335 autos de infrações, sendo 456 por ultrapassagens indevidas, ação responsável por cerca de 30% das mortes em acidentes de trânsito dos últimos anos. Outros 115 veículos foram multados por falta do uso de cinto de segurança e, outros 86 veículos, por transportar crianças sem o dispositivo de retenção.

Em relação aos acidentes de trânsito, ocorreram 33 acidentes nas rodovias que cortam o DF e o entorno resultando em 29 pessoas feridas e quatro vítimas fatais. Em comparação com o ano passado, no período de 12/02/2021 a 17/02/2022 (período do carnaval 2021), ocorreram 36 acidentes que deixaram 34 pessoas feridas, apresentando uma redução de 8% no número de acidentes de trânsito e de 15% de redução em relação ao número de pessoas feridas na Operação Carnaval 2021.

Um acidente fatal ocorreu no dia 25 de fevereiro, na BR 020, em Brasília-DF, às 06h da manhã, uma colisão traseira entre dois caminhões, onde o condutor do caminhão que colidiu na traseira faleceu no local. No dia 27 de fevereiro, na BR 251, na altura de São Sebastião-DF, ocorreu mais um acidente com vítima fatal, quando uma moto que saiu da pista.

Os outros dois acidentes fatais foram no dia 28 de fevereiro – na BR 050, Cristalina/GO, sendo um atropelamento de pedestre e o outro uma colisão envolvendo uma bicicleta.

Flagrantes de desrespeito – Equipes da PRF registraram muitas situações de desrespeito às leis de trânsito durante todo o feriado. Dirigir sob efeito do álcool, não usar cinto de segurança, deixar de transportar as crianças com os corretos dispositivos de segurança e as ultrapassagens indevidas. Todas essas condutas aumentam significativamente o risco de acidentes e também as chances de danos graves ou mortes, uma vez que todas as infrações estão diretamente ligadas à segurança viária.

Conforme mostram os números, a PRF empregou grande esforço na fiscalização durante o feriado, bem como realizou diversas ações educativas e divulgações da importância da conscientização e respeito no trânsito, sempre com o objetivo de reduzir o número de acidentes e garantir uma maior segurança viária. Porém o trânsito é responsabilidade de todos, seja condutores de veículos, motoristas profissionais, ciclistas ou pedestres e a conscientização e o respeito às leis de trânsito é de vital importância.

Por: Redação

Foto: DIVULGAÇÃO PRF 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.