Programa Mulheres Empreendedoras Reciclando o Futuro capacitou, gratuitamente, mais de 70 novas empreendedoras no DF

Além do curso, participantes ganharam um kit de semijoias para entrarem no mercado de trabalho e começarem a gerar renda para suas famílias

No último sábado (26), mais de 70 mulheres tiveram a oportunidade de mudar sua vida profissional na Faculdade Mauá, em Taguatinga. O programa #Girl Power — Vamos Juntas Empreender, trata-se de um curso totalmente gratuito voltado ao empreendedorismo feminino. “É uma iniciativa voltada para mulheres em situação de vulnerabilidade ou de baixa renda, que estão em busca de uma oportunidade de capacitação para o mercado de trabalho, e querem se desenvolver profissionalmente com técnicas de venda”, explica a idealizadora do projeto e fundadora do Instituto Reciclando o Futuro, a auditora federal Renata D’Aguiar.

Foram mais de três horas de capacitação em que as inscritas puderam entender a importância do conhecimento no empreendedorismo, aprenderam a como iniciar uma carreia autônoma, a colocar a ideia em ação e a montar uma rede de contatos. “Essa iniciativa é mais que um curso, mas também uma oportunidade para mulher se sentir motivada em sua autoestima. E quero aqui, enfatizar a importância da Renata D’Aguiar nesse processo que não apenas ministra palestras, mas entrega a vara na mão dessas mulheres para irem atrás de sua autonomia econômica”, enfatiza Roberta Monzini, escritora e mentora de mulheres.

Ainda como parte do curso, a palestrante Gizele Corrêa de Alencar Leite Lino ministrou sobre planejamento financeiro, técnica de vendas, como ter um capital de giro e a importância da formalização do MEI (Microempreendedor Individual). “Com o que aprendi aqui, certamente, vou conseguir alavancar minhas vendas, pois consegui absorver muitas técnicas para atingir metas maiores com meu público-alvo, comemora Nilcéia Rodrigues, professora.

As mulheres também foram motivadas por cases de sucesso como o do menino Ryan Maia, de 10 anos, o empresário mais novo do Brasil e Janaina Braga, idealizadora do Instituto Divas. “Eu passei pela violência doméstica, minha filha teve um tumor na cabeça e quase morreu, mas de todas as dificuldades, resolvi me levantar e ajudar outras mulheres. Somos fortes e, juntas, somos mais fortes ainda”, afirma Janaina.

Ao final do evento, todas receberam o certificado do curso, foto oficial da turma e um mostruário com dezenas de semijoias, com meta de venda de R$ 500 (quinhentos reais). “Depois de certa idade, fica difícil voltar ao mercado de trabalho. Quando temos pessoas que nos orientam e confiam no nosso potencial é fundamental para que a gente possa se sentir capaz”, comemora Maria de Fátima Varela, de 66 anos.

Como funciona o programa?

O Programa Mulheres Empreendedoras Reciclando o Futuro foi pensado para gerar oportunidades para as mulheres.A pandemia da Covid 19 aumentou o desemprego no Distrito Federal, sobretudo entre o público feminino.Ter o seu próprio horário, depender apenas do seu próprio esforço e poder passar mais tempo com a família são o sonho de toda mulher, e o empreendedorismo possibilita a realização deste sonho.

O primeiro módulo do Programa Mulheres Empreendedoras Reciclando o Futuro foi desenvolvido para desafiar as mulheres a descobrirem seus talentos como empreendedoras. Durante a primeira aula, as mulheres receberão um estojo personalizado de bijuterias finas, da Luiza Criações, contendo 23 peças, com uma tabela de preços sugeridos, que somam R$ 500 reais.

Dez (10) lideres ficarão acompanhando as alunas durante o período de dois meses, com a responsabilidade de ajudá-las e motivá-las. Cada líder ficará responsável por um grupo de 10 mulheres. No final do primeiro mês, as alunas poderão comprar peças novas para completar o estojo por um valor de R$ 50,00 reais.

No final do segundo mês, as alunas poderão comprar peças novas para completar o estojo por um valor de R$ 75,00 reais. As alunas que conseguirem passar dessa etapa estarão automaticamente inscritas no módulo 2 do Programa, em que aprenderão sobre como abrir uma empresa, na prática. Estas alunas terão o acompanhamento de um contador pelo período de um ano.

Serviço:
Instituto Reciclando o Futuro
www.reciclandoofuturo.com.br
Mais informações: 99192-0316
@reciclando_futuro no Instagram

Por: Redação

Foto: Divulgação 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.