Rede ajuda mulheres vítimas de violência

As mulheres vítimas de violência aqui no Distrito Federal contam com o apoio da Rede das Flores, que possui 17 unidades para ajudar as vítimas.

Por Rebeca Rabêlo

As mulheres que são vítimas de violência poderão contar com apoio da secretaria de saúde que disponibiliza as unidades do centro de especialidade para atenção às pessoas em situação de violência sexual, familiar e doméstica (CEPAV), mais conhecido como a “Rede de Flores”. Atualmente, o Distrito Federal conta com 17 unidades distribuídas nas sete regiões de saúde.

O acesso aos serviços ocorre por meio de encaminhamentos pela rede intra-setorial e pela rede intersetorial formada por conselho tutelar, centro de referência especializado da assistência social/creas, polícia militar, polícia civil, órgãos do judiciário e outros, além de demanda espontânea.

Os CEPAVS oferecem acolhimento às pessoas em situação de violência interpessoal e suas famílias, encaminhamentos e orientações gerais, atendimento multiprofissional de forma individual e em grupo para crianças e adolescentes, em grupo para mulheres e atendimento médico ambulatorial para crianças e adolescentes, além de ações de prevenção, promoção da saúde e da cultura de paz junto à comunidade e escolas.

Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.