TSE – Site apresenta instabilidade perto do prazo final para regularizar título de eleitor

De acordo com o órgão a instabilidade ocorreu devido ao grande número de acessos.

Perto do prazo final para que o cidadão fiquei em dia com a justiça eleitoral e possa votar nas eleições de 2022, o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) passa por instabilidade. O transtorno ocorre perto da data limite para que seja feita a regularização do título de eleitor e troca de local para votação.

Os eleitores usam as redes sociais, na internet para reclamar da dificuldade em conseguir realizar as etapas e acompanhar as alterações solicitadas. Muitos questionaram sobre como farão para regularizar as situações com a justiça eleitoral e votar neste ano.

A instabilidade ocorreu na tarde desta segunda-feira. Alguns serviços disponíveis ficaram fora do ar por alguns minutos.Essa instabilidade ocasionou devido ao grande número de acessos, segundo o TSE. De acordo com órgão, os especialistas técnicos estão atuando para que as páginas afetadas retornem ao seu funcionamento.

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro também relataram dificuldades no acesso do site do TSE. Na crítica pela instabilidade, a segurança das eleições foi questionada e a confiança no site do órgão, juntamente com a do sistema eleitoral.

O e-titulo, app do Tribunal Superior Eleitoral, ficará indisponível até o dia 5. O objetivo é dar prioridade aos serviços que fazem parte do processo responsável por emitir o titulo de eleitor e pela regularização do documento.

Os eleitores deverão utilizar o site do TSE para acessar os serviços. Durante a instabilidade, ficaram indisponíveis as paginas do Processo Judicial Eletrônico (PJe) do tribunal, as que tratam da regularização e alteração dos dados constantes no título de eleitor, juntamente com as que possibilitam consultar os processos e formulários para emissão.

O Titulo de eleito é de fundamental importância no processo eleitoral. A não participação, ausência sem justificativa e o não pagamento de multa, impossibilita o cidadão de obter passaporte ou documento de identidade.

A irregularidade com a justiça eleitoral o impedede fazer inscrição em concursos públicos, ser empossado em cargo público e fazer empréstimos em intuições públicas. O prazo final para emissão da primeira via e regularização do título de eleitor é amanhã, 4 de maio.

Fonte: G1/DF, Metrópoles, Uol
Francisco Lima

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *