Uso de máscara deixa de ser obrigatório no transporte público do DF

A nova norma foi publicada no Diário Oficial da Capital

O uso de proteção fácil e a oferta de álcool em gel deixa de ser obrigatório no transporte público. É o que diz a Secretaria de Mobilidade do Distrito Federal (Semob).

A medida publicada no Diário Oficial do DF, vale tanto para os usuários quanto motoristas e cobradores de ônibus, juntamente com os funcionários do metrô e condutores do transporte escolar.

Ela revoga a decisão anterior da portaria nº 95, de junho de 2021, que tornou obrigatório o uso de máscara para conter a transmissão do coronavírus durante a pandemia.

Deixa de ser obrigatória também a higienização nos interiores dos veículos de transporte após as viagens.Vale lembrar que atualmente a taxa de transmissão da Covid-19 aqui no Distrito Federal está com alta de 1,18.

Ainda de acordo com a norma derrubada, os usuários que quisessem entrar ou continuar dentro dos veículos sem a proteção facial, poderiam ser impedidos pelos funcionários do transporte público.

Por: Francisco Lima

Fontes: G1 e Correio Braziliense

Foto: Reprodução